Rugby Mania

Chris Gomez Csher

Christian, nascido em 1989, é um jornalista argentino especializado em rugby, mora em Buenos Aires e jogou no Lomas Athletic. Ele vai lhe informar dos acontecimentos mais importantes do esporte na Argentina e da seleção mais forte da região: os Pumas. Twitter: @chrisgcsher

Twitter Chris Gomez Csher

O rugby argentino, de luto

março 14, 2013 às 12:58h
DestaqueInternacionais

É difícil falar sobre o rugby, porque o rugby está triste. Hoje, temos lamentar a morte do Juan Pedro Tuculet, um jovem de 19 anos que jogava no Clube Los Tilos, da Cidade de La Plata, e que é primo do Joaquín Tuculet, jogador do Grenoble y os Pumas.

183198_294750283974338_465343735_n

Juan Pedro foi assassinado e foi mais uma vítima da insegurança com a qual todos os argentinos devem viver diariamente. Independentemente da classe social, a realidade espreita em cada esquina, a qualquer hora. Por razões ainda não esclarecidas, três delincuentes terminaram com sua vida depois de ser baleado na cabeça.

Na madrugada do sábado, Juan e um amigo foram com um Fiat Uno para uma estação de serviço Esso para comprar gelo e soda. Lá, três pessoas saíram de um Fiat Duna, aproximaram se à porta do condutor e começaram agredir aos dois jovens, que tentaram fugir. A poucas quadras de distância, foram atingidos e uma bala entrou no olho esquerdo do Tuculet. No dia seguinte, ele morreu.

Para os investigadores, há dois cenários possíveis: um é a tentativa de assalto e outro, que os criminosos confundiram a pessoa. Seja como for, Juan Pedro se foi e deixou um grande vazio para sua família e amigos.

Os três bandidos foram identificados: Pablo Arriarán (29 anos), seu irmão Matías Arriarán (19) e Alexis Emanuel Laborda (18). “Eu perdi o tiro”, disse um dos assassinos.

Jogadores, dirigentes e treinadores enviaram suas condolências ao Joaquín e à familia. “Descanse em paz Juan Tuculet, muita força para o Clube Los Tilos e a familia Tuculet, força Joaco”, escreveu Horacio Agulla (Bath) na sua conta do Twiter; “Chega de inseguridade e que os responsáveis paguem! Meu apoio à familia neste momento dificil”, acrescentou Patricio Albacete (Toulouse); “Justiça por Juan Tuculet”, pediu Agustín Pichot.

Quem era Juan Pedro? “Um jovem de familia, muito perto com os primos. Tuculet somos muitos e a verdade que a relação é compartilhada como uma amizade. Vamos de férias juntos. Juan ia cumprir 20 anos e esta foi a primeira vez que foi de férias com seus amigos”, resumiu Gastón, seu pai, ao jornal El Día. E adicionou: “se hoje eu posso falar, é porque ainda não temos dimensão do que aconteceu, não podemos acreditá-lo”.

 

Compartilhe
Facebook Twitter Email Delicious

Comente

*
*

Cadastre-se em nossa newsletter E-mail