Rugby Mania

Davi Michel Hrabal

Gaúcho de Canela, serra Gaúcha, rugbyman à 9 anos, co-fundador do segundo clube de rugby do RS, primeiro da serra gaúcha, Guará Rugby Clube, fundado em 22/02/2003, clube apadrinhado pelo Charrua RC da capital Porto Alegre. Sou também conhecido como Tcheco, Davizinho, Casado, Canela e Gaúcho. Com passagens por Guará RC (RS), São José RC (SP) e Jacareí RC (SP), hoje atualmente integro a equipe RC Val de Biévre de Villejuif, suburbio de Paris, França, clube da divisão Honneur amadora da região de Ile-de-France, jogo na posição de hooker(talonneur), nascido 06/05/1987. Colunista responsável pela cobertura de bastidores e opiniões sobre o rugby francês. Contato: davi@rugbymania.com.br

Twitter Davi Michel Hrabal

Racing-Métro: Quesada assume posto de Berbizier

junho 15, 2012 às 16:38h
InternacionaisNotícias
Tags: , , ,

 

Pierre Berbizier não será mais o gerente esportivo do Racing-Métro na próxima temporada, se afastando um pouco da equipe profissional, se tornando diretor geral do clube. Conforme informado pelo presidente do clube Jacky Lorenzetti no jornal “Le Parisien” de quinta-feira (14/06). Gonzalo Quesada será “promovido” à gerente esportivo.

Após a temporada 2011/2012 um tanto tensa entre técnico e jogadores, onde o clima nos vestiários não era dos melhores, o presidente do clube franciliano resolveu dar férias à era Berbizier no clube.

No começo do ano, o clube começou a perder seus principais jogadores, começando com Sebastien Chabal, que depois de tensões entre ele e Berbizier, anunciou ao presidente que ele deveria escolher entre ele e o técnico. Resultado: Chabal saiu do clube. Com isso, o vestiário do clube passou por uma rebelião, face à esta situação o presidente do clube continuou defendendo seu gerente esportivo à todo custo e com isso muitos jogadores tidos como líderes dessa rebelião, como o abertura Jonathan Wisniewski, foram afastados. Em seguida François Steyn anunciou sua saída no fim da temporada, seguido de Leonel Nallet.

Jacky Lorenzetti apostou até onde pôde no técnico, que está no clube desde 2007, mas chegou ao ponto onde a situação não era mais sustentável, visto que o clima dos vestiários não mudou e os resultados não apareceram.

(Jacky Lorenzetti Presidente do Racing-Métro 92)

O presidente tirou uma lição do que passou: “devemos tirar alguns ensinamentos. Pierre vai se afastar do grupo profissional, trabalhando ao meu lado como diretor geral, encarregado do setor esportivo”. Assim, o antigo abertura argentino, Gonzalo Quesada que passa a ser “líder dos técnicos”, segundo Lorenzetti: “Vamos dar à Quesada as chaves do caminhão (risos), e Pierre podera intervenir como conselheiro, mas não mais agindo”, precisou o presidente.

(Pierre Berbizier e Gonzalo Quesada)

O dirigente diz que espera na próxima temporada “mais serenidade”, e deseja “que nos concentremos sobre oque acontece em campo, sem se perder em assuntos extra-campo que ponham em duvida a capacidade de uns e de outros. A confiança entre o corpo técnico e os jogadores tem que resurgir.” O Racing procura ainda um técnico para os fowards. Como informou segunda-feira o site rugbyrama.fr, o antigo terceira linha internacional Arnaud Costes (39 anos, 14 seleções) está nos planos do clube.

Texto: Davi Michel Hrabal

Fonte: Rugbyrama.fr

 


 

Compartilhe
Facebook Twitter Email Delicious

2 Comentários

  1. Dominique disse:

    Gosto muito do Quesada. Alem de ser um grande técnico, ele foi uma fera nos tiros de conversao, drop e penal. Ele treino os chutadores do XV da França por muitos anos. Vi um dia ele dando aula aos -20 da França, foi coisa de arrepiar.

    • Davi Michel Hrabal disse:

      Eu particularmente não conhecia ele assim aprofundadamente, mas fiz uma pesquisa e o cara é forte!!! Uma boa aposta do Lorenzetti!!!
      Obrigado por acompanhar Dominique!!!
      Ca fait plaisir!! Merci

Comente

*
*

Cadastre-se em nossa newsletter E-mail