Rugby Mania

Marcel Souza

Atleta de Rugby em Cadeira de Rodas e Administrador Público nas horas vagas. E-mail: marcel@rugbymania.com.br

Twitter Marcel Souza

Eu jogo Rugby. E Você?

abril 2, 2012 às 09:45h
NacionaisNotícias

Na próxima 3ª feira, dia 03 de Abril, o Projeto “Eu jogo Rugby. E Você?”
entrega cadeiras de rodas infantis inéditas para a prática do Rugby

Dez cadeiras de rodas desenvolvidas especialmente para a prática de rugby
entre crianças e adolescentes de 7 a 16 anos serão entregues na próxima
terça-feira (3/04), às 15h, na Escola Municipal Paulo Freire, em Niterói
(RJ). O resultado faz parte do projeto Desenvolvimento de equipamentos para
massificação do Rugby a partir da inclusão do esporte na Rede Pública de
Ensino, coordenado pelo Instituto Nacional de Tecnologia (INT) e financiado
pela Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de
Janeiro (Faperj), tendo como parceiros as secretarias municipais de Educação
e de Esportes de Niterói, a Associação Brasileira de Rugby em Cadeira de
Rodas (ABRC), o Niterói Rugby Football Clube e a empresa Alphamix.

Desenvolvidas por profissionais da área de Desenho Industrial do INT, as
cadeiras específicas para crianças são inéditas no mundo e levam em conta as
dimensões e as necessidades específicas do grupo elegível para o esporte,
que são pessoas com comprometimento em pelo menos três membros, incluindo
tetraplégicos, amputados e portadores de paralisia cerebral. Em dezembro do
ano passado, durante o 1º. Campeonato Brasileiro da 2ª Divisão de Rugby em
Cadeira de Rodas, o equipamento foi avaliado como adequado aos padrões
internacionais pelo coordenador de arbitragem da Federação Internacional da
modalidade (IWRF) para as Américas, Gilles Brière.

Incluído nas Olimpíadas de 2016, que serão disputadas no Rio de Janeiro, o
rugby começa a ser popularizado nas escolas públicas, resultado da atuação
da rede de parcerias articulada pelo INT. A campanha “Eu jogo rugby. E
você?”, que tem como piloto o município de Niterói, promove a inovação
tecnológica para massificação do esporte a partir de métodos, equipamentos e
capacitação de treinadores. Além da escola Paulo Freire, que servirá como
polo para a prática em cadeira de rodas, cinco outras escolas já têm o rugby
convencional incluído entre suas práticas de educação física.

O projeto
As atividades do projeto Desenvolvimento de equipamentos para massificação
do Rugby começaram em agosto de 2010. Como resultados, além das novas
cadeiras de rodas, já foram apresentados os protótipos de dois equipamentos:
a baliza “H”, utilizada para a marcação dos tries,aprimorada para melhor transporte e adaptação aos campos; e o contact pad, escudo de proteção almofadado usado nos treinos, que recebeu melhorias.

Os dados para o desenvolvimento das cadeiras de rodas foram obtidos pela
equipe do Laboratório de Ergonomia do INT, que realizou a medição
antropométrica de alunos com dificuldade motora da Escola Municipal Mestre
Fininha e de outras três escolas localizadas no entorno.

Para a implantação do esporte na rede pública de ensino de Niterói como
atividade regular, os professores de educação física foram capacitados a
conduzir atividades de prática de rugby convencional e também de rugby em
cadeira de rodas. O curso foi ministrado por atletas de rugby tradicional e
em cadeira de rodas (jogadores, ex-jogadores e treinadores da Seleção
Brasileira), responsáveis também pela realização de atividades com crianças
na primeira fase do projeto. A partir disso, os professores capacitados
passam a atuar como multiplicadores.

Os pais de alunos foram sensibilizados em reuniões com a equipe do projeto,
especialmente para incluir os alunos com deficiência nas atividades.  Para
isso, eles passaram por avaliação física pela equipe de fisioterapia da
ABRC.

“A fase atual do projeto é dedicada a estabelecer a prática do rugby com os
alunos durante as aulas regulares de educação física, nas das escolas
públicas da rede de ensino de Niterói e também continuar o desenvolvimento
de equipamentos no INT”, explica a coordenadora do projeto, Maria Carolina
Santos, do Núcleo de Desenvolvimento Social do INT.

* Estarão presentes à cerimônia de entrega do equipamento a secretária
municipal de Educação, Maria Inês Azevedo de Oliveira, e o presidente da
Fundação Municipal de Educação de Niterói, Luiz Fernandes Braga; o
presidente da Associação Brasileira de Rugby em Cadeira de Rodas, Eduardo
Mayr, e, pelo INT, as coordenadoras de Articulação e Representação
Institucional, Andréa Lessa, e de Engenharias, Ieda Caminha.

Fonte: : Assessoria de Comunicação do Instituto Nacional de Tecnologia 

Compartilhe
Facebook Twitter Email Delicious

Comente

*
*

Cadastre-se em nossa newsletter E-mail