Rugby Mania

João Paulo Minchio

Sou um rugbier amador e um amante do rugby. Estou engatinhando na arbitragem, que comecei a estudar em 2011. Lamento ter conhecido o esporte somente em 2003, na época do Mundial da Austrália. Tive que esperar até 2007 para poder realizar o sonho de me tornar um praticante, junto com meus amigos de Vitória-ES. Em setembro de 2008 fui convidado por Tárcio Corá a integrar a equipe de colaboradores do RugbyMania. Desde então não parei mais de escrever. Aviso aos leitores que sou torcedor do ASM Clermont Auvergne (França), desde junho de 2007, por motivos pessoais muito fortes. E também que minha simpatia pelo XV da França é similar. Mas peço que não se preocupem, porque aqui no site eu tento me controlar! joaopaulo@rugbymania.com.br

Twitter João Paulo Minchio

A prévia de Stade Français x Toulouse

março 31, 2012 às 05:41h
DestaqueInternacionaisNotícias
Tags: , , , ,

Ser um dos melhores não basta… O TOP 14 ORANGE é o melhor campeonato nacional de rugby do mundo e finalmente teremos seus jogos na TV em 2012! A partir deste sábado a TV5 MONDE começa a mostrar uma sequência de 10 partidas do torneio, culminando na grande final do dia 9 de junho. E para começar, um jogo de gala: Stade Français Paris contra Stade Toulousain, ao vivo a partir de 11h11 (hora de Brasília), diretamente do grandioso Stade de France. Não dá para perder…

 

Le “clasico”

 

O Stade Français e o Toulouse são as equipes que mais levaram títulos do campeonato francês na era do profissionalismo (a partir da temporada 1995-96), com onze conquistas no período (6 para o Toulouse e 5 para Paris).  O aumento da rivalidade levou nas últimas seis temporadas a transferência dos jogos em Paris para o Stade de France. Desde então a equipe da capital ganhou quatro confrontos no estádio e o Toulouse levou dois (em 2009 e 2010). Na temporada passada, os occitanos levaram uma bela surra – perdendo para o Stade Parisien por 31 a 3.

O termo “clasico”, que os franceses passaram a apelidar a partida, na verdade veio emprestado do futebol: geralmente é empregado para denominar o confronto entre os times do PSG (de Paris) e o Olympique de Marseille. Por sua vez a palavra “clasico”,usada no futebol (e agora no rugby)francês, vem do futebol espanhol que emprega-a como sinônimo de jogo entre Real Madrid e Barcelona (“El Clásico”)…

 

Tema do dia: cultura celta!

 

Cumprindo com a tradição iniciada na era Max Guazzini o Stade Français proporá aos espectadores do Stade de France uma grande festa.  As animações começarão uma hora antes do pontapé de início e se estenderão até depois da partida. Estão programados a apresentação de pom-pom girls, de dança irlandesa com coreografias do famoso espetáculo “Lord of the Dance”, um mini concerto de rock, uma parada (desfile) de fantasias tradicionais celtas e, finalmente, a chegada misteriosa (surpresa) da bola – momento precede a entrada dos jogadores em campo.

Um concurso promovido pela PMU (casa de apostas esportivas) dará ao ganhador o privilégio de assistir o jogo sob a condição de “super mega VIP”, sentado ao lado de mais dois acompanhantes em um sofá rosa situado na beira do gramado. Nosso colaborador Davi Michel Hrabal estará presente no estádio e nos contará depois como é vivenciar de perto toda essa festa – um modelo de evento que já está sendo copiado por times ingleses.

 

O TOP 14 Orange chega a sua reta final

 

Neste fim de semana o campeonato francês chegará a sua 22ª rodada da fase de pontos, que qualificará ao seu término (na 26ª jornada) os dois melhores times diretamente para as semifinais. As equipes postadas entre as 3ª e 6ª colocações disputarão em playoffs as outras duas vagas entre os semifinalistas (3º contra 6° e 4° contra 5°). Na parte inferior da tabela, o 13° e o 14° colocados serão rebaixados para a Pro D2 (segunda divisão profissional).

Atualmente a classificação do certame é a seguinte:  Toulouse 74 pts; Clermont 73 pts;  Toulon 62 pts; Castres 55 pts; Montpellier 52 pts; Stade Français 52 pts; Racing-Métro 49 pts; Agen 44 pts; Bordeaux-Bègles 41 pts; Brive 38 pts;  Biarritz 38 pts;  Perpignan 35 pts;  Bayonne 34 pts; Lyon 26 pts.

É preciso lembrar que no TOP 14 Orange o ponto bônus ofensivo é obtido não quando um time marca 4 tries em um jogo (é o caso da Heineken Cup), mas sim quando um time consegue marcar 3 tries ou mais em relação a seu adversário.  O ponto bônus defensivo se origina nas derrotas sofridas por 7 pontos ou menos no placar.

Na última rodada…

 

No final de semana passado o Toulouse foi visitante do Bordeaux-Bègles no Stade Chaban-Delmas e perdeu por apenas um ponto (18 a 17) diante de mais de 33 mil pessoas que lotaram o recinto. Plenas também estavam as dependências da novíssima MMA Arena, estádio da cidade de Mans, mais famosa por seu circuito de automobilismo. Foi lá que os parisienses do Stade Français recepcionaram o Agen  e, sob o olhar de 24.085 espectadores, aplicaram uma goleada de 53 a 27 no placar.

Deste modo o Toulouse viu a sua liderança ser ameaçada pelo Clermont, que encostou na tabela ficando apenas um ponto atrás dos rouge et noir. E o Stade Français ascendeu ao 6º lugar, dentro da zona de classificação para os playoffs, ultrapassando seus rivais do Racing-Métro que perderam para o Toulon (32 a 20).

 

Em campo, muitas estrelas

 

Nos dois lados, os atletas de renome internacional relacionados para a partida são muitos. Vários deles estiveram representando suas seleções ou no Mundial 2011 ou no último Torneio das Seis Nações:  Paul Williams por Samoa ; Martin Rodriguez Gurruchaga,  Felipe Contepomi, Nicolas Vegallo e Rodrigo Roncero pela Argentina;  Scott Lavalla pelos EUA; Sergio Parisse pela Itália; Pascal Papé, Dimitri Szarzewski , Jean-Marc Doussain, Thierry Dusautoir, Jean-Baptiste Poux, Romain Millo-Chluski, Florian Fritz,  Julien Dupuy e Lionel Beauxis pela seleção francesa. Outros são jogadores com grande história por suas seleções:  Yannick Jauzion (França), George Smith (Austrália) e Paul Sackey (Inglaterra).

 

Baixas nos efetivos: as enfermarias

 

Na equipe parisiense o pilar da seleção francesa David Attoub operou a mão esquerda na última terça-feira e deverá estar ausente dos gramados por no mínimo três semanas. O segunda linha sul-africano Gerhard Mostert operou um ombro e não jogará mais nesta temporada. Já o centro samoano Paul Williams e o meio-scrum Julien Dupuy recuperaram-se de problemas na coxa e estarão a disposição do técnico Michael Cheika.

Para os occitanos muito mais problemas com os jogadores:  o utility back da seleção francesa Maxime Médard, o ponta fijiano Rupeni Caucaunibuca, o hooker sul-africano Gary Botha e o hooker georgiano Akvsenti  Giorgadze estão lesionados e terminaram esta temporada. O nº 9 australiano Luke Burgess (coxa), o abertura neozelandês Luke McAlister (panturrilha), o pilar sul-africano Gurtho Steenkamp (quadril), o hooker georgiano Jaba Bregvadze (região cervical) têm problemas leves, mas estão de fora deste jogo. Os franceses Clement Poitrenaud (fullback), Louis Picamoles (oitavo), Yannick Nyanga (asa), William Servat (hooker) e o pilar samoano Census Johnston serão poupados para a disputa na semana que vem das quartas-de-final da Heineken Cup (contra o Edinburgh).

 

A previsão do tempo diz…

 

Segundo o serviço de meteorologia do Weather Channel, durante o duelo entre Stade Français e Toulouse o céu estará parcialmente nublado e haverá pouca possibilidade de chuva. A temperatura deverá ser amena, por volta de 14°C e os ventos deverão ser fracos. Condições excelentes para o público e os jogadores.

 

Favoritismos: apostas

 

Para saber das chances de vitória das equipes, consultamos quatro grandes casas de apostas virtuais europeias para ver os seus indicadores. Os analistas de todas elas apontam como favorito o time da casa, o Stade Français, mas pela margem mínima (exceto para a maltesa Bet Clic). Isso mostra que os especialistas ainda consideram boas as chances do Toulouse ganhar como visitante.  Em suma: possibilidades equilibradas, pendendo um pouco para os parisienses.

 

 

PMU (França) – Stade Français vence por 1 a 5 pontos de vantagem;

Bet Clic (Malta) – Stade Français vence por 6 a 10 pontos de vantagem;

Bet 365 (Reino Unido) – Stade Français vence por 1 a 5 pontos de vantagem;

Sky Bet (Reino Unido) – Stade Français vence por 1 a 5 pontos de vantagem.

 

Escalações:

 

Stade Français – titulares: 15. Djibril Camara; 14. Paul Sackey; 13. Paul Williams; 12. Martin Rodriguez Gurruchaga;  11. Julien Arias; 10. Felipe Contepomi; 9 Jerome Fillol; 8. Sergio Parisse (cap); 7. David Lyons; 6. Antoine Burban; 5. Pascal Papé; 4. Anton Van Zyl; 3. Stan Wright; 2. Dimitri Szarzewski; 1. Rodrigo Roncero.

 

Reservas:  16. Aled de Malmanche; 17. Olivier Milloud; 18. Scott Lavalla; 19. George Smith; 20. Julien Dupuy; 21. Morgan Turinui; 22. Paul Warwick; 23 Nahuel Tetaz.

 

Stade Toulousain – titulares: 15. Yannick Jauzion; 14. Timoci Matanavou; 13. Florian Fritz; 12. Yann David; 11. Yves Donguy; 10. Lionel Beauxis; 9. Jean-Marc Doussain; 8. Gillian Galan; 7. Thierry Dusautoir (cap); 6. Jean Bouilhou; 5. Romain Millo-Chluski; 4. Yoann Maestri; 3. Yohan Montès; 2. Christopher Tolofua; 1. Jean-Baptiste Poux.

Reservas: 16. Victor Paquet; 17. Daan Human; 18. Grégory Lamboley; 19. Sylvain Nicolas; 20. Shaun Sowerby; 21. Nicolas Vergallo; 22. Maxime Payen; 23. Yassine Boutemane

Compartilhe
Facebook Twitter Email Delicious

Comente

*
*

Cadastre-se em nossa newsletter E-mail